Cidades

Vereador critica resposta da Cagepa a queixas sobre qualidade da água em Campina Grande

Moradores de boa parte dos bairros de Campina Grande têm reclamado nos últimos dois meses da qualidade da água que chega às torneiras. A coloração forte, muitas vezes acompanhada de mau cheiro, tem gerado indignação entre os populares, que criticam a pouca eficiência da Cagepa em resolver essa situação.



Por isso, o vereador Alexandre do Sindicato (União Brasil) fez recentemente uso da tribuna na Câmara dos Vereadores da cidade para criticar a postura da companhia em relação à resolução dessa crise.

“A água que recebemos hoje nas torneiras de nossas casas é a pior possível que um ser humano pode receber. Por onde nós andamos, há queixas sobre a qualidade do serviço prestado, sem contar nos locais onde o abastecimento não acontece da forma que deveria. A concessão da Cagepa foi renovada não faz muito tempo, e o que melhorou? Nada. O abastecimento é precário e os serviços são de baixa qualidade”, afirmou o parlamentar.

Ainda em sua fala, Alexandre criticou o alto custo do serviço, avaliando negativamente a justificativa do “subsídio cruzado” utilizado pela Cagepa, que consiste em cobrar o valor integral de uma determinada parcela do público e utilizar o valor arrecadado para subsidiar o acesso de pessoas que não podem pagar pelo abastecimento de água.

“O subsídio cruzado que a Cagepa diz adotar é uma inverdade, uma mentira. Não são poucos os cidadãos de uma série de municípios da Paraíba que denunciam a falta d’água nas torneiras por meses. Então, se não tem água nestes municípios, por que continuamos a receber contas tão caras em nossas residências?”, finalizou.

Hora Agora