Economia

Saiba como doar para o RS ao fazer a declaração do Imposto de Renda

CNN BRASIL



Já são 147 vítimas da tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul. Para ajudar as milhares de pessoas dos 447 municípios gaúchos afetados, também é possível doar durante a declaração do Imposto de Renda 2024.

Por causa da campanha da Receita Federal “Eu Sou Solidário”, declarantes podem destinar parte do imposto para fundos de proteção de crianças, adolescentes e idosos. Pessoas físicas podem doar até 6% do imposto devido com um limite de 3% para cada fundo. Os valores são deduzidos do IR devido, ou seja, não há custo adicional pela doação.

O Conselho Gestor de cada fundo especial decide para onde vão esses valores. Cabe a eles definir quais organizações, que atendem crianças e idosos em vulnerabilidade de todo Brasil, receberão cada parcela das doações.

Como fazer?

  1. Ao entrar no aplicativo Meu Imposto de Renda e preencher seus dados, clique em ‘Doações Diretamente na Declaração’.
  2. Irão aparecer duas abas: ‘Criança e Adolescente’ e ‘Pessoa Idosa’, onde você poderá escolher para qual ou quais fundos doar. Em seguida, clique em ‘Novo’.
  3. Na parte de ‘Dados da Doação’, o contribuinte pode selecionar qualquer nível de administração para realizar a doação: nacional, estadual ou municipal. Não é preciso fazer nenhuma conta, o programa calcula o valor limite de 3% para cada fundo.
  4. Ao enviar a Declaração de Imposto de Renda, será emitido um DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) de cada doação. É preciso imprimi-los e efetuar os pagamentos. Os valores recolhidos nestes documentos serão compensados e o contribuinte não paga nenhum valor além do Imposto Devido.

A doação só pode ser feita se for preenchida a declaração do IR no modelo Completo. A declaração Simplificada não apresenta essa possibilidade.