Policial

Operação Lei Seca autua 252 condutores por embriaguez e outras infrações durante o mês de maio



O Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), por meio da Operação Lei Seca, autuou 252 condutores durante blitzen realizadas no mês de maio. Desse total, 116 foram flagrados dirigindo sob influência de álcool e 136 motoristas foram notificados por outras infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

De acordo com o relatório, foram realizados 892 testes de etilômetro (bafômetro), que resultaram na remoção de 45 veículos aos pátios do órgão. Os agentes responsáveis pelas ações atuaram nas fiscalizações com o auxílio de etilômetros, talonários eletrônicos, redutores de velocidade móveis, camas de faquir, cones de sinalização e barreiras de sinalização retrátil.

Com um total de 24 blitzen durante o mês, essas fiscalizações foram realizadas nas principais avenidas de João Pessoa, a exemplo da Oceano Atlântico, Nossa Senhora dos Navegantes, Epitácio Pessoa, Artur Monteiro Paiva, Hilton Souto Maior, bem como nas cidades de Campina Grande, Santa Luzia, Itaporanga, Sapé, Mamanguape, Pedras de Fogo e Lucena.

Segundo o coordenador de Policiamento do Detran-PB, coronel Valterlins Dutra, as fiscalizações foram interiorizadas, ampliadas e intensificadas, com o objetivo de coibir os abusos praticados por muitos condutores que ainda insistem em desobedecer às leis de trânsito, principalmente ao que se refere às infrações relacionadas à embriaguez ao volante.

O CTB prevê que os condutores de veículos flagrados sob efeito de álcool estão sujeitos à multa no valor de R$ 2.934,70 e podem responder a processo administrativo de suspensão do direito de dirigir por um ano.