Legislativo

Olimpio propõe censo e fundo de apoio para moradores em situação de rua. “Eles não são invisíveis”



Tramitam na Câmara Municipal de Campina Grande iniciativas de autoria do vereador Olimpio Oliveira em favor da população em situação de rua. A primeira é um requerimento direcionado à prefeitura solicitando a realização de um censo, através da Secretaria de Assistência Social, que identifique o quantitativo e o perfil das pessoas que estão nesta condição na cidade.

Além disso, o parlamentar também apresentou um projeto de lei para criação do Fundo Municipal de Políticas Públicas para o Resgate da Dignidade das Pessoas em Situação de Rua. O objetivo é viabilizar ações efetivas que ofereçam moradia, trabalho, qualificação profissional, elevação da escolaridade, tratamento de dependentes de drogas lícitas e ilícitas, além de geração de renda.

Olimpio lembra que “nos últimos anos, especialmente após a pandemia, é possível testemunhar o aumento visível da quantidade de pessoas em situação de rua em Campina Grande, incluindo famílias inteiras vivendo em barracas improvisadas em praças e calçadas”.

Conforme o vereador, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) apontou uma alta alarmante de 38% no número de pessoas em situação de rua no Brasil entre 2019 e 2022. “Entretanto, em Campina não conhecemos nenhum diagnóstico do tipo, o que evidencia a falta de iniciativas para políticas públicas em favor dessas pessoas”, pondera.

NÃO SÃO INVISÍVEIS

destes cidadãos. Campina Grande não pode simplesmente fingir que não está enxergando estes homens, mulheres e crianças. Eles não são invisíveis, são pessoas, irmãos nossos que podem e devem ser ajudados”, concluiu Olimpio Oliveira.

Hora Agora