Economia

Governo dará auxílio de R$ 5.100 a gaúchos que perderam móveis e eletrodomésticos

CNN BRASIL



O ministro da Casa Civil, Rui Costa, anunciou nesta quarta-feira (15) que o governo federal dará auxílio de R$ 5.100 às pessoas que perderam móveis e eletrodomésticos no Rio Grande do Sul por conta das chuvas que atingiram o estado.

De acordo com estimativas iniciais, cerca de 200 mil pessoas terão direito ao auxílio e, neste cenário, o benefício custará R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos.

A estimativa real de beneficiados e impacto financeiro só será fechada, contudo, após avaliação das defesas civil municipais. As prefeituras vão analisar as áreas onde as famílias foram impactadas e entregará um relatório ao governo.

Segundo Rui Costa, para ter acesso ao benefício, o cidadão terá de comprovar o endereço onde mora. O pedido do auxílio acontecerá a partir da identificação e comprovação junto às plataformas da Caixa Econômica Federal, que autorizará a transferência do valor via Pix para os gaúchos.

“Todas as famílias que tiveram perdas terão acesso”, disse o ministro.

Na mesma solenidade, o ministro anunciou que o governo federal vai comprar imóveis no Rio Grande do Sul e entregar a desabrigados em decorrência das chuvas que atingiram o estado.

O novo anúncio de ajuda ao Rio Grande do Sul também inclui saques do Fundo de Garantia por Tempos de Serviço (FGTS), antecipação do Bolsa Família e liberação de parcelas adicionais do seguro-desemprego.

Confira abaixo as medidas divulgadas pelo governo federal:

  • FGTS Saque Calamidade — qualquer cidadão com saldo na conta do FGTS poderá sacar o valor máximo de R$ 6.220,00
  • Bolsa Família — antecipação do pagamento para 17 de maio
  • Bolsa Família — mais 21 mil famílias serão incluídas
  • Abono Salarial — antecipação do pagamento para maio aos trabalhadores cujo emprego esteja em município atingido
  • Seguro-Desemprego — liberação de 2 parcelas adicionais os desempregados que já estavam recebendo o benefício
  • Imposto de Renda — restituição no 1º lote para contribuintes do RS