Legislativo

Câmara Sustentável: Projeto da vereadora Jô Oliveira é implementado na Câmara Municipal de Campina Grande



A Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) tem se tornado um exemplo de espaço ambientalmente mais sustentável, tudo isso graças à implementação do Projeto de Resolução 13/2021, de autoria da vereadora Jô Oliveira (PCdoB). A proposta, entre outras coisas, trata do uso de energia solar, além da captação, armazenamento e uso de águas das chuvas, bem como da coleta seletiva de lixo no prédio da Casa de Félix Araújo.

Na sessão do último dia 27 de junho, a vereadora Jô Oliveira usou a tribuna para parabenizar o presidente Marinaldo Cardoso (Republicanos), e toda a mesa diretora, pelo compromisso em implementar o projeto Câmara Sustentável.

“Gostaria de parabenizar a mesa diretora, faço isso em nome do presidente Marinaldo, pela disponibilidade de construir com a gente, de ouvir, dialogar, mas acima de tudo de executar o que é proposto. Vivemos em um cenário em que, infelizmente, muitas das leis que são votadas aqui nessa Casa, não são implementadas pelo executivo. E ter a implantação da energia solar aqui na Câmara, é um grande passo e mostra compromisso, não só com a Casa e com o que é votado aqui, mas com o meio ambiente. Parabéns pelo trabalho!”, disse a vereadora.

O projeto apresentado por Jô Oliveira, também revoga duas resoluções de 2017, que propunham o uso de energia solar e o uso de água das chuvas, mas que não apresentavam formas práticas de implementação dessas ações.

“As resoluções 46 e 47 de 2017, propunham a implementação de energia solar e do uso das águas das chuvas, mas não especificavam de que forma isso poderia ser feito. Resolvemos apresentar esse projeto revogando estas resoluções e também ampliando as propostas, pois acreditamos que a coleta seletiva de lixo é uma ação importante e que causa um impacto positivo ao meio ambiente”, destacou a vereadora.

O programa Câmara Sustentável pretende destacar a CMCG como um exemplo de diminuição da poluição e economia no consumo de água e energia, reduzindo os gastos e ajudando a poupar recursos naturais, além de contribuir com a limpeza urbana e a conscientização ambiental.

FIEPB