Economia

Turismo em Gramado deve perder R$ 550 mi por chuvas no RS, diz SindTur

CNN BRASIL



A cidade de Gramado, um dos principais pontos turísticos do Rio Grande do Sul, deve ter um prejuízo de cerca de R$ 550 milhões até o fim de julho caso não haja a volta das operações no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre.

A informação é de Cláudio Souza, presidente do SindTur, o Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares da Região das Hortênsias.

Em maio, as perdas devem chegar até R$ 150 milhões. Outros R$ 400 milhões de prejuízos são previstos em junho e julho, meses de alta temporada na região.

O terminal aéreo é a principal porta de entrada de turistas à Serra Gaúcha, destaca a entidade.

“Nosso maior problema é a questão do aeroporto, afirma Souza.

Ele enfatiza que os acessos rodoviários à cidade estão seguros, com apenas um ponto em que está sendo utilizada meia pista.

Souza também ressalta que as estruturas turísticas, como bares e restaurantes, estão intactas e que estão se preparando para a volta à normalidade.

Segundo Souza, o SindTur assinou um acordo com os Sindicatos Patronal e Laboral de Gramado nesta terça-feira (14) para antecipar as férias, feriados e a bolsa qualificação e manter os empregos dos funcionários por 60 dias.