Economia

Tragédia no RS mostra que preservar ambiente é proteger a economia, diz secretária à CNN



CNN BRASIL

A secretária de Mudanças do Clima do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Ana Toni, afirmou que a tragédia no Rio Grande do Sul mostra que a preservação ambiental protege também a economia do país.

A especialista participou, nesta segunda-feira (3), do CNN Talks — braço de eventos da CNN Brasil —, que realiza um encontro setorial para nortear uma discussão que tem tudo para ser liderada pelo país no curto, médio e longo prazos.

Ana Toni reforçou cálculos que mostram que a reconstrução do estado custará quase R$ 100 bilhões nos próximos anos — o que deve pressionar os cofres públicos.

“A pauta ambiental não é só ambiental, mas também econômica. Precisamos construir um novo ciclo de prosperidade, se não veremos cada vez mais tragédias como essa”, disse.

Segundo a secretária, o MMA tem conversas abertas com diversas pastas da Esplanada, como Fazenda e Desenvolvimento, Indústria e Comércio (Mdic), sobre o caminhos para o desenvolvimento econômico aliado à transição energética.

“CNN Talks – Próximos Passos para a Transição e Transformação Energética no Brasil” reúne autoridades governamentais, empresários e especialistas em debate sobre questões relacionadas a um tema no qual o Brasil ocupa posto de absoluto destaque no cenário global.

O evento

Como protagonista no cenário da transição energética, o país está em posição relevante na geopolítica global em prol da energia mais rentável e sustentável.

No entanto, há muito a ser discutido em relação às estratégias, aos desafios e às oportunidades, como, por exemplo, os nossos pontos positivos, os investimentos, esforços necessários e os desafios de competitividade no setor.

Sob mediação e condução dos jornalistas Márcio Gomes e Fernando Nakagawa, o encontro da marca CNN Talks conta com uma plateia convidada de empresários e players do segmento, reunidos no Espaço JK, em São Paulo.