Economia

SENAI recebe representantes chineses para discutir cooperação técnica em educação e inovação



A Confederação Nacional da Indústria (CNI) está mobilizando esforços para fortalecer e ampliar as relações estratégicas com a China. Nesta terça-feira (25), representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) recebem 33 representantes chineses de instituições de educação profissional e inovação tecnológica. O objetivo é explorar oportunidades de cooperação técnica em desenvolvimento de competências e formação profissional.

O Diálogo China-Brasil sobre Cultivo de Talentos e Inovação para Economia Verde vai até a quarta-feira (26). A agenda de encontros ocorre em Mato Grosso, no Rio de Janeiro, em Santa Catarina e em São Paulo. A Aliança Internacional para o Desenvolvimento de Competências (IASDBR) da China lidera a delegação.

A expectativa é que a troca de experiência com os chineses promova acordos de cooperação técnica e projetos conjuntos que beneficiem os dois países, impulsionando o avanço sustentável e inovador da indústria e da educação.

Relações comerciais Brasil-China
A China é o 8º maior investidor direto no Brasil. Em 2023, as exportações brasileiras para o país asiático somaram US$ 104,3 bilhões, com aumento de 16,97% em relação a 2022, quando o valor foi de US$ 89,4 bilhões. Em 2024 são comemorados 50 anos de relações diplomáticas entre Brasil e China e 30 anos de parceria estratégica.

FIEPB