Brasil

Produção e venda de veículos caem em março, mostra Anfavea



A produção de veículos no Brasil teve uma contração de 11,8% em março na comparação com o mesmo mês do ano passado, com 195,8 unidades produzidas. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 8, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Na comparação com fevereiro, a produção de veículos cresceu 3,2%. No trimestre foi registrada uma modesta alta de 0,4%, na comparação com o mesmo período de 2023.

“Acreditamos que os próximos meses serão marcados por aumento contínuo na produção, por isso apostamos muito na nossa previsão de alta de 6% para o ano”, explicou o Presidente da Anfavea, Márcio de Lima Leite.

produção de caminhões no primeiro trimestre chegou a 29,3 mil unidades, 19,7% acima do mesmo período de 2023.

No caso dos ônibus, a alta é ainda maior, de 61,6%, com 6,5 mil chassis fabricados.

Vendas de veículos caem em março

No mês passado, as vendas de veículos novos foi de 187,7 mil unidades, queda de 5,7% na comparação com o mesmo mês de 2023.

Na comparação com fevereiro de 2024, a alta foi de 13,6%. O trimestre fechou com uma alta de 9,1% nas vendas, ou 514,6 mil veículos emplacados no Brasil desde o primeiro dia de janeiro.

Segundo a Anfavea, as locadoras, setor que deve comprar mais de 700 mil veículos este ano após 590 mil em 2023, foram responsáveis por 46% das vendas de carros e comerciais leves em março.

Segundo a Anfavea, as exportações mostraram forte queda em comparação com o mesmo período do ano passado.

Com exceção do México, “todos os principais mercados de destino estão em retração”, informou a entidade dos produtores de veículos.

Marcelo Negreiros