Cidades

Prefeitura de Campina Grande intensifica operação tapa-buracos para recuperar malha viária afetada pelas fortes chuvas



A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), está intensificando a operação tapa-buracos para melhorar as condições de tráfego nas ruas da cidade e nos distritos. O período prolongado de chuvas registrado no último mês de junho e também no início de julho danificou bastante parte da malha viária de Campina Grande e das estradas vicinais da zona rural do município.

O objetivo é reduzir os danos causados pelas chuvas nas ruas pavimentadas com asfalto ou paralelepípedos, afetadas pelo acúmulo de águas pluviais e pelo intenso fluxo de veículos durante todo o mês de junho, devido às festividades do Maior São João do Mundo. Segundo levantamento da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STTP), houve um recorde de circulação de veículos em comparação com anos anteriores, e as fortes chuvas afetaram significativamente a malha viária.

Todo o trabalho está sendo realizado por equipes da Prefeitura Municipal, que estão atuando nos pontos mais críticos e nos trechos mais movimentados. “Estamos comprometidos em continuar a operação tapa-buracos até que todas as áreas afetadas sejam recuperadas, dependendo também das condições climáticas, pois o material utilizado necessita de tempo seco”, afirmou o titular da Sesuma, Sargento Neto.

O prefeito Bruno Cunha Lima determinou que a Sesuma intensifique a recuperação dessas áreas, e várias equipes estão trabalhando durante o dia e a noite para recuperar os setores mais afetados o mais rapidamente possível. Somente durante o mês do São João, a Sesuma esteve presente em 65 ruas e avenidas de 30 bairros, totalizando 2333,12 m² de malha viária recuperada.
A Prefeitura possui duas usinas próprias que produzem 20 toneladas de concreto betuminoso usinado a quente, à base de britas, pó-de-pedra e ligante asfáltico. Isso facilita o trabalho das equipes, além de reduzir os custos para o erário público. Para atender à demanda, foram adquiridas 30 toneladas de emulsão asfáltica, principal matéria-prima.

“Com esse material, conseguimos trabalhar mesmo sob chuva leve. Também temos outro material para ser usado em condições de tempo seco, mas com a chegada das 30 toneladas de ruptura média, que são parte da formulação do asfalto, iremos intensificar ainda mais a operação, mobilizando cinco equipes nas ruas”, explicou Sargento Neto.

As principais avenidas e corredores da cidade, como Floriano Peixoto, Manoel Tavares, Almirante Barroso, JK, Canal do Prado, Vigário Calixto, Elpídio de Almeida, Assis Chateubriand e João Wallig, já foram contemplados, assim como o bairro Três Irmãs. Outras ruas nos bairros da Conceição, Catolé, Liberdade, Jardim Paulistano, Dinamérica, Sandra Cavalcante e Palmeira Velame também foram beneficiadas.
O responsável pelo Departamento de Manutenção da Sesuma, Josivaldo Salatiel, que está coordenando pessoalmente todo o trabalho, afirmou que “essa operação é rotineira, mas durante o período de chuvas, ela é prejudicada. Pedimos a compreensão da população, pois todos os anos, nesta época, o problema se repete”.

Prefeitura Municipal de Campina Grande – Portal Online