CidadesDestaques

O Maior São João do Mundo: Campina Grande recebe representantes do Turismo de Brasília



A terra d’O Maior São João do Mundo recebeu neste domingo, 23, o subsecretário de Turismo do Distriro Federal, Franklin Martins, e o coordenador de Artesanto do Distrito Federal (Unart), Klever Antunes.

Eles foram recepcionados por uma equipe da Coordenadoria de Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEDE), com a presença do coordenador Pablo Jatobá e também da secretária de Desenvolvimento Econômico, Tâmela Fama.

Apesar de ter em sua agenda uma visita ao Parque do Povo, marcada para a noite mais tradicional da festa, os dois representantes também estão em Campina Grande para iniciar um trabalho de colaboração entre cidades que possuem o Selo Cidade Criativa da Unesco.

Brasília possui o selo em Design e Campina Grande em Artes Midiáticas (única no Brasil). O subsecretário Franklin falou sobre o objetivo da visita.

“Há uma imensa importância nessa colaboração ‘intra-selos’. Brasília com o Design e Campina com Artes Midiáticas. Então a gente veio iniciar uma conversa de colaboração, porque a nossa cidade pretende, junto com Fortaleza e Curitiba, exportar conhecimento na área. E, para isso, a gente veio buscar o conhecimento de vocês. A Unesco fala que Campina é a melhor do Brasil nisso. O objetivo é receber ao menos um pouquinho desse conhecimento de vocês”, declarou.

Já o coordenador da Unart, Klever Antunes, elogiou Campina como um todo.

“Aqui o que mais me encantou foi a arte da cidade. Brasília é um quadradinho, onde nós pegamos coisas do Brasil inteiro. E aqui o artesanato da cidade em si é muito forte, encanta a gente. É um experiência a mais e vamos levar muito do conhecimento de vocês”, ressaltou.

O coordenador municipal de Turismo, Pablo Jatobá, também falou sobre o marco que é esse início de colaboração entre Campina Grande e a capital do país.

“O encontro é importante porque faz com que a gente possa iniciar um relacionamento com a nossa capital federal. Uma visita extremamente técnica, de troca de conhecimento. Estamos apresentando os pontos que geraram o ganho do Selo Cidade Criativa da Unesco em Artea Midiáticas e como estamos trabalhando para mantê-lo. Porque esse selo não é de um Governo, não é de uma pessoa, é da cidade. É nosso. E uma prova do trabalho firme que estamos fazendo para continuarmos com ele. É essa troca de experiências com as demais cidades que possuem o título, mesmo que em outra área”, disse.

Codecom