Esportes

Garotada do Flamengo tem oito participações em gols e decidiu quatro jogos no ano



Foto: Gilvan de Souza / CRF

Título da Copa Rio Sub-17 e gol salvador do jovem Evertton Araújo contra o Athletico-PR. A base rubro-negra, que nesse ano também já conquistou a Libertadores sub-20, anda em alta nos últimos dias. Embora o clube da famosa frase “craque o Flamengo faz em casa” viva uma era das contratações badaladas (e consequentemente de menos espaço para os mais novos), os garotos do Ninho ainda se destacam em meio aos medalhões no profissional.

Aos 25 min do 2º tempo – gol de dentro da área de Thiaguinho do Flamengo contra o Nova Iguaçu

Nesse primeiro semestre de 2024, a garotada rubro-negra soma oito participações diretas em gols: Evertton Araújo (21 anos), Lorran (17), Igor Jesus (21) e Wesley (20) já marcaram ou deram assistências. E foram decisivos em quatro jogos até aqui:

No empate do time de garotos por 1 a 1 com o Nova Iguaçu, enquanto o elenco principal estava em pré-temporada nos Estados Unidos, Lorran deu o passe para o gol de Thiaguinho (veja no vídeo acima), que possibilitou a conquista do título estadual de forma invicta do Flamengo.

Já no Brasileirão, a vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians passou essencialmente pela base rubro-negra. Lorran deu a assistência perfeita para Pedro marcar o primeiro, e depois a própria joia fechou o placar com categoria

Na Copa do Brasil, a classificação rubro-negra para as oitavas de final também passou pelos pés dos garotos do Ninho. Contra o Amazonas, em Manaus, o empate já garantia a vaga, mas o jogo estava perigoso quando Igor Jesus acertou um chute que desviou em Pedro e virou o gol da vitória por 1 a 0 (veja no vídeo abaixo).

E no último domingo, Evertton Araújo saiu do banco para marcar de cabeça, aos 53 do segundo tempo, o gol que evitou a derrota na Ligga Arena e manteve o Flamengo nas primeiras posições do Brasileirão (veja no vídeo abaixo).

Além desses jogos, a base rubro-negra também teve participação direta: nos 4 a 0 sobre o Boavista no Carioca, Igor Jesus deu o passe para Luiz Araújo abrir o placar; na vitória por 2 a 0 diante do Palestino na Libertadores, Lorran cruzou na medida para Léo Ortiz marcar o segundo gol; e contra o Vasco no Brasileirão, Wesley deu a assistência para Gabigol fechar a goleada histórica de 6 a 1.

Números em 2023 foram maiores

 

Apesar do bom momento dos garotos do Ninho, na temporada passada os números dos jovens da base no profissional foram maiores. Em todo o ano de 2023, foram 19 participações diretas em gols, sendo 16 no primeiro semestre (o dobro da marca atual).

Garotos Iago, Werton, Rayan Lucas e Evertton Araújo em treino do profissional — Foto: Gilvan de Souza / CRF

Garotos Iago, Werton, Rayan Lucas e Evertton Araújo em treino do profissional — Foto: Gilvan de Souza / CRF

Matheus França, Matheuzinho, Mateusão, André Luiz, Lorran, Matheus Gonçalves, Victor Hugo e Wesley potencializaram os números ofensivos do time (os quatro primeiros já não estão mais no clube). Com maior destaque para Victor Hugo, autor de três gols (contra Racing, Aucas e América-MG) e duas assistências (em dois jogos diante do Coritiba). Em 2024, o meia de 20 anos ainda não desencantou.

Ainda com muitos desfalques, o Flamengo volta a campo nesta quinta-feira, quando recebe o Bahia às 20h (de Brasília) no Maracanã, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. E novamente a garotada pode ser importante, seja em campo ou para compor o banco. No último jogo, contra o Athletico-PR, 11 dos 12 reservas eram jogadores da base.