Economia

Construção civil lidera geração de empregos em Campina Grande em 2024, revela o Caged



Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho mostram que o setor da construção civil lidera a geração de empregos em Campina Grande este ano, considerando os números já consolidados e divulgados relativos aos cinco primeiros meses de 2024. As informações são do Sinduscon Paraíba, através do presidente Lamartine Alves.

O balanço aponta que, no período, o setor gerou um saldo de 950 empregos na cidade, enquanto o segmento de serviços, que aparece em segundo lugar, registrou um saldo de 473 empregos e o comércio, de 301. A agropecuária tem um saldo de quatro postos e a indústria, por outro lado, acumula um desempenho negativo de 421 empregos em 2024 na cidade, que, no cômputo total, fechou o período com 1.307 vagas geradas.

PARAÍBA

Já quanto ao cenário estadual, a construção civil tem o segundo melhor desempenho de 2024, tendo gerado de janeiro a maio 3.482 empregos. A liderança é do setor de serviços, com abertura de 5.535 postos. O comércio aparece em terceiro lugar, com 1.282 vagas criadas.

Na Paraíba, dois segmentos aparecem com desempenho negativo nas planilhas do Caged. A agropecuária perdeu 3.599 empregos nos cinco meses já consolidados, e a indústria tem o pior resultado, com menos 3.614 vagas com carteira assinada. O estado encerrou o período com um saldo positivo total de 3.087 vagas.

BRASIL

O Caged aponta que o segmento de serviços lidera a geração de empregos no país este ano, com 623.920 vagas abertas, seguido da indústria (209.575), da construção civil (159.203), comércio (50.374) e agropecuária (45.888). Como se observa, nenhum setor teve saldo negativo na esfera nacional. O país gerou 1.088.955 empregos entre janeiro e maio.

Hora Agora