Paraíba

Cássio descarta voltar a disputar cargos públicos



Afastado da política há mais de seis anos quando não conseguiu a sua reeleição para senador, o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) voltou a descartar a possibilidade de disputar um novo mandato. Em passagem por Campina Grande, Cássio deixou claro que o seu tempo na política “já passou” e que não pretende mais disputar cargos públicos.

“Esse tempo da minha vida passou. “A vida é muito curta pra você fazer uma coisa só. Tem uma geração nova chegando. A minha contribuição foi dada. Tudo que fiz, fiz com o melhor de mim. Procurando acertar, procurando fazer bem feito, servindo as pessoas, entregando as pessoas, me entregando de forma genuína, de maneira verdadeira” afirmou.

Apesar de tentar “fugir” dos holofotes da política, o ex-senador ainda figura como uma das principais lideranças políticas da Paraíba, e foi um dos responsáveis pela articulação da campanha do ex deputado Pedro Cunha Lima, ao governo em 2022, além de conseguir unificar o grupo Cunha Lima e o grupo Vital do Rêgo em Campina Grande.

Recentemente, o ex-senador e ex-governador Cássio Cunha Lima declarou que não pretendia se envolver nas eleições municipais de 2024 no estado. No entanto, o presidente estadual do PSDB, o deputado Fábio Ramalho, cogitou um possível retorno de Cássio Cunha Lima à política. Segundo Ramalho, o ex-senador seria bem-vindo caso decidisse voltar, mas respeitaria sua decisão pessoal.

Há quem aposte que ele atuará como “mediador” e conseguirá resolver o racha não oficializado entre o prefeito Bruno Cunha Lima e o deputado federal Romero Rodrigues (Podemos). No último final de semana Cássio esteve no Parque do Povo, para acompanhar a reta final do São João de Campina Grande 2024.

Dessa vez, Cássio, que já foi prefeito da cidade três vezes, evitou comentar o possível confronto entre o prefeito Bruno e o deputado federal Romero Rodrigues. Disse que não queria falar no momento sobre esse assunto.

PB Agora