Economia

Brasil Exportação: plataforma já teve 45 mil acessos em seis meses

Lançada há seis meses, a Plataforma Brasil Exportação (BRAEXP) se tornou uma aliada importante das empresas brasileiras que buscam atuar também no mercado internacional. Com mais de 45 mil acessos e 1,5 mil empresas já cadastradas neste último semestre, a plataforma tem conectado exportadores brasileiros às instituições que apoiam as exportações, como a Confederação Nacional da Indústria (CNI). A aproximação promove a internacionalização e o crescimento sustentável dos negócios.

Para facilitar e democratizar o acesso às exportações, a BRAEXP oferece a empresas de todos os portes e setores mais de 600 serviços relacionados ao comércio exterior, incluindo cursos, estudos, feiras e eventos de promoção comercial. Idealizada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), a ferramenta é operada pela ApexBrasil e, além da CNI, conta com parceiros como Itamaraty, Sebrae e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

“A plataforma BRAEXP está alinhada ao Mapa Estratégico da Indústria 2023/2032 e às missões da CNI em desburocratizar o ambiente de negócios para micro e pequenas empresas, dentro e fora do país. Oferecer serviços de internacionalização e capacitação nos temas de comércio exterior em um só lugar, com facilidade e rapidez, é o que a faz ser diferente e realmente útil. Essa ferramenta tem o potencial de promover a diversificação da economia brasileira e fortalecer a presença do Brasil no comércio global”, afirma o presidente da CNI, Ricardo Alban.



Plataforma conta com guia para exportar e agenda de eventos internacionais
Além das diversas funcionalidades da BRAEXP, a ApexBrasil anunciou o lançamento da Megatrilha Digital da Exportação, um guia com todos os passos necessários para exportar, desde a preparação inicial até a promoção comercial.

Outra função recentemente lançada é o Calendário Brasileiro de Promoção Comercial, uma ferramenta de acompanhamento das principais feiras e eventos de comércio internacional que tenham participação de delegações brasileiras.

Para o presidente da ApexBrasil, Jorge Viana, o primeiro semestre já demonstra o potencial da ferramenta nos negócios dos exportadores brasileiros. “A nossa Agência está cada vez mais digital, e a Plataforma Brasil Exportação faz parte desse nosso esforço para simplificar a vida de quem quer alcançar mercados internacionais. E a parceria com os principais atores de comércio exterior do Brasil garante praticidade para os empresários”, destaca.

Outros serviços disponíveis na plataforma
A plataforma de comércio exterior oferece serviços como estudos, cursos, mapas de oportunidades, eventos, armazenagem, frete, financiamento e muito mais. As missões de negócios e de prospecção internacionais articuladas pela CNI, as capacitações de impacto positivo de micro e pequenas empresas, o programa de capacitações de promoção de negócios digitais, o acesso ao Sistema COD Brasil, além dos cursos de certificação de origem, são alguns dos serviços oferecidos pela Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN).

Conheça a Rede CIN
Coordenada nacionalmente pela CNI, a Rede CIN promove a internacionalização das empresas brasileiras por meio de um conjunto de serviços customizados às necessidades.

Presente nas 26 federações de indústria dos estados e do Distrito Federal, a iniciativa conta com especialistas de comércio exterior que desenvolvem soluções encadeadas e complementares para os diversos níveis de maturidade das empresas brasileiras.

FIEPB