Política

Após falas de Musk, Jair Bolsonaro diz ter “apoio de fora do Brasil”



Após o embate entre o dono do X (antigo Twitter), Elon Musk, e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), afirmou ter “apoio de fora do Brasil”. Durante live na noite de domingo (7/4), o ex-chefe do Executivo disse que tomará providências para que a liberdade de expressão seja garantida no país.

“Além de me inteirar, obviamente, ver o que nós podemos fazer via Partido Liberal para que realmente a nossa liberdade de expressão seja garantida. E nós temos agora um apoio de fora do Brasil muito forte. Esse assunto parece que está palpitando fora do Brasil, para que é a salvação nossa, né? Porque a nossa democracia está ameaçada, todo mundo sabe disso aí”, disse Bolsonaro.

Na transmissão, o ex-presidente estava acompanhado dos filhos, Eduardo e Carlos Bolsonaro. De acordo com Bolsonaro, ele espera que o país volte a normalidade. “A gente quer voltar à normalidade, a gente quer paz, quer tranquilidade. Mas as pessoas que estão se excedendo – e não é de agora. Tem que realmente ter uma maneira para que elas voltem à normalidade, para que a gente possa sonhar com um Brasil democrático, próspero e com aquilo tão bacana que é a nossa liberdade”, disse ele.

Os comentários aconteceram após manifestações de Elon Musk, via X, em que o empresário fez duras críticas ao ministro. Em suas manifestações, o bilionário chegou a dizer que o ministro “deveria renunciar ou sofrer um impeachment” e ainda que “traiu a Constituição e o povo brasileiro”.

Palavra PB