Economia

Anglo American rejeita nova proposta da BHP de compra por US$ 42,6 bi

CNN BRASIL

O BHP Group afirmou que sua concorrente Anglo American rejeitou uma proposta de compra que avaliava a companhia em 34 bilhões de libras (US$ 42,59 bilhões).

A mineradora australiana disse que fez a proposta revista ao conselho da Anglo American em 7 de maio e que este rejeitou a ideia nesta segunda-feira (13).

Em 26 de abril, a Anglo American recusou uma oferta de US$ 39 bilhões da BHP, ao dizer que isso avaliava de modo significativamente baixo o valor da Anglo.

Segundo a Anglo American, a oferta revisada de US$ 42,6 bilhões ainda “subvaloriza significativamente a empresa e suas perspectivas futuras”, além de contemplar uma estrutura complexa, incerta, com riscos de execução e, por tanto, não atraente para os investidores.

Em nota, a mineradora listada em Londres informou que rejeitou a proposta novamente e recomendou que os investidores não tomem nenhuma iniciativa em relação ao assunto por enquanto.

A Anglo American assegurou que está “confiante” em sua estratégia para se manter independente e disse que fornecerá atualizações detalhadas na terça-feira (14).

A Anglo American critica principalmente o ponto da proposta que exige a cisão de duas unidades subsidiárias: a Anglo American Platinum e a Kumba Iron Ore.

Segundo a mineradora, seria demorado obter as aprovações para a separação, com impactos para o valor final distribuído para os acionistas.

Atualmente, ambas as empresas tem um valor de mercado de US$ 15 bilhões, correspondendo 34% da proposta total da BHP, conforme o comunicado.

A BHP tem até 22 de maio para fazer uma oferta formal pela Anglo ou desistir, de acordo com as regras de aquisição do Reino Unido. Após a notícia, a ação da Anglo American passou a cair e fechou em queda de 2,06% em Londres.